Informação sobre ansiedade, enquanto patologia, causas, sintomas e tratamento da ansiedade, identificando o diagnóstico de fobias, transtorno de pânico, obsessivo, de estresse e  ansiedade generalizada, com dicas para a sua prevenção.


sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Psicologia, como tratamento de transtornos de ansiedade

Os psicólogos são altamente treinados e qualificados para diagnosticar e tratar pessoas com transtornos de ansiedade, utilizando técnicas baseadas na melhor pesquisa disponível. Extenso treinamento dos psicólogos inclui a compreensão e uso de uma variedade de psicoterapias, incluindo terapia cognitiva-comportamental.
Por vezes, os psicólogos usam outras abordagens para um tratamento eficaz, além de psicoterapia individual. A psicoterapia de grupo, tipicamente envolvendo indivíduos não aparentados, em que todos têm transtornos de ansiedade, pode ser uma abordagem eficaz para administrar o tratamento e apoio. Além disso, a psicoterapia de família pode ajudar os familiares a compreender melhor a ansiedade de seu ente querido e aprender novas formas de interação que não reforçem a ansiedade e comportamentos disfuncionais associados.
Indivíduos que sofrem de transtornos de ansiedade também podem considerar as clínicas de saúde mental ou outros programas de tratamento especializado que lidam com transtornos de ansiedade específicos, tais como pânico ou fobias que podem estar disponíveis em sua área local. 

A grande maioria das pessoas que sofrem de um transtorno de ansiedade são capazes de reduzir ou eliminar os sintomas de ansiedade e voltar ao funcionamento normal após vários meses de psicoterapia adequada. De fato, muitas pessoas notam melhoria dos sintomas e funcionamento depois de algumas sessões de tratamento.
O paciente deve sentir-se confortável com o psicoterapeuta, desde o inicio. Juntos, o paciente e psicoterapeuta devem desenvolver um plano de tratamento adequado. A cooperação do paciente é fundamental, e deve haver um forte sentimento de que o paciente e o terapeuta estão colaborando como uma equipe para tratar o transtorno de ansiedade.
Nem todos os planos funcionam bem para todos os pacientes. O tratamento tem de ser adaptado para as necessidades do paciente e para o tipo de desordem ou distúrbio, de que o indivíduo sofre. O psicoterapeuta e o paciente devem trabalhar em conjunto para avaliar se um plano de tratamento parece estar no bom caminho. Os pacientes respondem de forma diferente ao tratamento, e por vezes são necessários ajustes no plano.
Os transtornos de ansiedade podem prejudicar seriamente o funcionamento de uma pessoa no trabalho, ambiente familiar e social, mas as perspectivas de recuperação a longo prazo são boas para a maioria das pessoas que procuram tratamento profissional adequado. Pessoas que sofrem de transtornos de ansiedade podem trabalhar com um profissional, como um psicólogo que os pode ajudar a recuperar o controle de seus sentimentos e pensamentos, e sua saúde mental.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL