Informação sobre ansiedade, enquanto patologia, causas, sintomas e tratamento da ansiedade, identificando o diagnóstico de fobias, transtorno de pânico, obsessivo, de estresse e  ansiedade generalizada, com dicas para a sua prevenção.


quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Sintomas das fobias

As fobias caracterizam-se pelo aparecimento de crises de ansiedade extremas quando a pessoa é exposta a um objecto ou situação, e pode apresentar rubor intenso da face, e situação generalizada de pânico. Dependências de álcool e drogas e depressão grave podem ser aspectos associados ao agravamento das fobias.
Estamos perante uma fobia quando o medo persiste perante um objecto, animal ou situação, quando nessas situações a ansiedade aumenta, quando a pessoa evita de forma intensa essas situações, a pessoa é impedida de fazer a sua vida normal.

Os sintomas físicos das fobias

As pessoas com fobias, muitas vezes têm ataques de pânico. Os ataques de pânico podem ser muito assustadores e angustiantes. Os sintomas geralmente ocorrem de repente e sem aviso.
Assim como sentimentos de ansiedade, um ataque de pânico pode causar sintomas físicos, tais como:
- suor;
- tremulos;
- afrontamentos ou calafrios;
- falta de ar ou dificuldade em respirar;
- uma sensação de asfixia;
- batimento cardíaco acelerado (taquicardia);
- dor ou aperto no peito;
- uma sensação de “borboletas” no estômago;
- náusea;
- dores de cabeça e tonturas;
- sensação de desmaio;
- dormência ou formigueiro;
- boca seca;
- necessidade de ir ao banheiro;
- zumbido nos ouvidos;
- confusão ou desorientação.

Os sintomas psicológicos das fobias

Em casos graves, você também pode experimentar sintomas psicológicos, tais como:
- medo de perder o controle;
- medo de desmaiar;
- sentimentos de medo;
- medo de morrer.


ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL